6 Sintomas que você não pode desprezar

Incontáveis pessoas por vontade própria não tendem a ir no hospital e assim sendo acabam correndo perigos desnecessários a própria saúde. Um descomplicado mau estar pode estar ligado com um transtorno normal do cotidiano, ou com uma doença preocupante que deve-se tratar com prontidão.
A grande maioria das dores não significa sinal de alguma coisa grave, todavia certos sintomas carecem de ser examinados.

1. Fragilidade nos seus braços e pernas

estou-doente Se você ficar fraco ou com seus braços, perna ou rosto entorpecido, deverá ser um sintoma de um acidente vascular cerebral, principalmente se estiver somente de um só lado do seu corpo. Você ainda pode ter um AVC se você não é capaz de manter a firmeza, se sentir tonto ou ter complicações para caminhar. Obtenha ajuda rapidamente se você, de repente, não conseguir enxergar bem, sentir uma enxaqueca intensa, se sentir desorientado ou demonstrar problemas para conversar ou entender.
Procure imediatamente um clínico. Ligue para uma emergência. Caso você receba um remédio de coagulação dentro de 4 a 5 horas depois do primeiro sinal, você consegue reduzir seu risco de desenvolver um acidente vascular cerebral.

2. Dor no peito

estou-doente Quando se refere a dor torácica, é melhor precaver-se do que remediar.
Toda dor no peito, sobretudo acompanhada de sudorese, pressão, falta de ar ou enjôo, necessitará de ser avaliada imediatamente por um médico especialista. A dor ou a pressão torácica provavelmente são um sinal de doença cardíaca ou um infarto, particularmente se você sente isto toda vez que faz esforço ou quando encontrar-se exercendo uma atividade.
A dor no tórax pode revelar outros problemas além do coração. Por exemplo, você possui outra condição crítica, como um coágulo sanguíneo que se direciona para o pulmão.
Se o seu peito sentir-se apertado ou pesado, e permanece acima de alguns minutos ou esta impressão some e retorna novamente, vá atrás de assistência.

3. Sensibilidade e dor na parte inferior das pernas

Isso presumivelmente é um sintoma de um coágulo sanguíneo na perna. É denominado de Trombose Venosa Profunda, ou TVP. Pode vir a acontecer depois de passar horas sentado, como um passeio de avião demorado, ou doente, na cama há tempos.
Se for um coágulo de sangue, você pode sentir as dores principalmente a partir do momento que você fica em pé ou anda. Você inclusive, pode ver inchaço. A perna fica, de modo geral, avermelhada e sensível, e uma irá ficar maior do que a outra. É normal ter fragilidade depois do exercício. Contudo se você ainda observar vermelhaço e sentir aquecimento onde está distendido ou sensível, ligue para seu médico.

4. Sangue quando vai urinar

Diversas coisas são capazes de fazer você revelar sangue na urina. Se tem sangue em sua urina e você ainda está sentindo bastante dor na lateral do abdome ou na coluna, você provavelmente tem cálculos renais. Uma pedra nos rins é um pequeno cristal formado de minerais e sais que se formam nos rins e se mexe por intermédio do tubo que guia sua urina.
O médico pode solicitar análises de raios-X ou fazer um ultrassom para observar os cálculos. Um raio-X usa radiação em doses baixas para originar imagens de estruturas por dentro de seu corpo. Um ultrassom forma imagens com ondulações de sons.
Inúmeras pedras nos rins ocasionalmente passam por seu corpo cada vez que você urina, o que presumivelmente é muito doloroso. Todavia, às vezes, seu médico pode precisar remover as pedras renais.
Todavia, caso você veja sangue em sua urina e você ainda possui um acréscimo na sensação de que necessita urgentemente urinar, estiver indo com muita frequência ao banheiro ou tendo ardência ao fazer xixi, você pode ter uma inflamação renal. Consulte um especialista, em especial se tiver febre.
Mas se o sangue na urina aparecer sem nenhuma dor, pode ser um sinal de câncer de rim ou bexiga, nesta condição, nunca deixe de visitar seu médico.

5. Assobios ao inspirar

Os problemas de respiração precisam de ser tratados o quanto antes. Uma vez que esteja assoviando ou ouvir um assobio no momento em que respira, veja o seu clínico.
Presumivelmente é asma, problema pulmonar, alergia seríssima ou exposição a substâncias químicas. Seu médico tem a capacidade de descobrir o que está acarretando e como tratá-lo. Caso tenha asma alérgica, um alergista ou pneumologista (profissional pulmonar) criará um plano para equilibrá-lo e diminuir as crises.
Os sibilos também poderão ser motivados por pneumonia ou bronquite. Você está tossindo muco amarelo ou verde? Você ainda possui febre ou falta de ar? Caso assim seja você pode ter bronquite que está convertendo-se em pneumonia. O que significa que é hora de fazer uma visita ao médico.

6. Pensamentos de autodestruição

Caso você se sinta desanimado ou atado, ou acreditando que não tem motivos para estar vivo, solicite assistência. Consultar com um especialista pode auxiliá-lo a combater este momento.
Vá a uma emergência de um centro hospitalar psiquiátrico ou pesquise um especialista de saúde mental.